Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menina dos abraços

Um abraço: o meu lugar.

menina dos abraços

Um abraço: o meu lugar.

Prioridades

O mundo vive com as prioridades trocadas. Com os focos trocados. Quase nos obriga a esquecer, no meio de todos os casos sérios e de toda a correria que nos exige, o verdadeiro caso sério da vida, o que de verdade importa. A única coisa que de verdade importa. O que importam os mil lugares que visitas, se no final não tiveres um abraço onde morar? O que importam as mil coisas que coleccionas, se no final não tiveres umas mãos a segurar tudo o que és? O que importam as mil tarefas que fazes, se no final não tiveres um olhar a parar-te o mundo inteiro? O que importam os mil números que ganhas, se no final não tiveres um sorriso onde te perdes? O que importam as mil palavras que dizes, se no final não tiveres um beijo a mudar-te? O que importam as mil pessoas que conheces, se no final não tiveres alguém a quem o teu coração pertence? O que importa tudo o que passa, se no final não tiveres só o que fica? E o amor é a única coisa que fica. É a única coisa que nunca passa. Só. E sempre. O resto é só o resto. O que importa tudo, se não acabar em amor?

7 comentários

Comentar post