Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menina dos abraços

Um abraço: o meu lugar.

menina dos abraços

Um abraço: o meu lugar.

Por instantes. Para sempre.

Um céu cheio de estrelas. E o infinito. Há momentos, há lugares, que nos dão um pedaço de infinito. Por instantes. Para sempre. Um céu cheio de estrelas. E o olhar. Que se procura, por dentro, quase despercebido. Quase em segredo. Que se demora. Por instantes. Para sempre. Um céu cheio de estrelas. E o sorriso. Que se adivinha antes de chegar. Que sabe a magia de cumplicidade. Que se cativa. E que fica. Por instantes. Para sempre. Um céu cheio de estrelas. E as mãos. Que percorrem todos os caminhos até se encontrarem. Que se tocam e se enlaçam. Por instantes. Para sempre. Um céu cheio de estrelas. E o abraço. Que se espera desde o olhar, desde o sorriso, desde o toque de mãos. Que funde o segredo do olhar, a cumplicidade do sorriso, o enlace das mãos. Que abraça tudo. Um céu cheio de estrelas. E o abraço: o verdadeiro infinito. Por instantes. Para sempre.

2 comentários

Comentar post