Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menina dos abraços

um abraço: a melhor forma do amor.

menina dos abraços

um abraço: a melhor forma do amor.

Abraços no dia.

Sexta-feira. Traz o sabor da chegada do fim-de-semana, mas traz também o cansaço absorvido de uma semana que passou. A manhã chega com o brilho quente do sol, mas chega também com um toquezinho de peso na alma. Há dias assim.

E depois, a meio do trabalho, um telefonema. Despeço-me, como sempre e, do lado de lá, aquela voz a interromper-me. "Antes de ir, deixe-me só dizer-lhe muito obrigada, menina. Deve falar com tanta gente, mas do lado de cá também podemos deixar uma palavrinha. Desejo-lhe tudo de bom e uma boa Páscoa para a menina e as suas pessoas."

Parou tudo, por instantes, e ecoam aquelas palavras. Agradecer. "Para a menina" e... "as suas pessoas". Como quem me adivinha, mesmo sem me conhecer. Como quem sabe que é assim que eu lhes chamo... A quem me é, da alma e do coração, sempre e para sempre. Como quem sabe que há dias que pedem abraços.

Parou tudo, por instantes, e inspiro e agradeço. Agradeço sempre. Porque pode haver sempre quem tenta pesar-nos na alma. Mas também há sempre quem nos abraça o dia, a vida, o coração. E, no final, são esses abraços que nos libertam de todos os pesos do mundo. Venham eles de onde vierem.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.