Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menina dos abraços

um abraço: a melhor forma do amor.

menina dos abraços

um abraço: a melhor forma do amor.

Abraçar outras palavras | Abraço, da Ana D.

"Abraços teus!

Foram meus

Tantos abraços Teus

Foram teus

Tantos sonhos meus

Sonhos de menina

Que desde pequenina

Recebeu dos teus braços

Tantos e tantos abraços

Abraços de olhos fechados

E sem nada dizer

Onde mesmo calados

Me davas tanto a ver

Abraços de amor ou dor partilhada

Numa sintonia imaculada!

Abraços de coragem

Abraços, que não se esquecem!

Abraços puros e perfeitos

Impregnados de certeza

Abraços, ora desfeitos

Que ora são minha fraqueza

Abraços, sempre presentes

Como laços apertados

Abraços, agora ausentes

Que ora me foram tirados

Resta-me a lembrança

Desses abraços Teus

E uma vida sem esperança

De que voltem a ser meus.

(A meu pai que perdi inesperadamente em Março e de quem tenho tamanha saudade)"

 

Palavras da Ana D., para este "abraçar outras palavras". A Ana trouxe-nos (me) um abraço muito especial. E, sem saber, tocou-me directamente no coração, de forma muito especial também. Porque falou de mim também. Querida Ana: há abraços que nos abraçam para sempre, mesmo depois de serem braços. Ficam-nos, para sempre, tatuados nos sentidos. Na alma. No coração. Abraçam-nos para sempre, porque são amor. E o amor é amor sempre. E, quando se ama, nada separa. Nem mesmo essa viagem sem tempo... ❤

20 comentários

Comentar post