Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menina dos abraços

um abraço: a melhor forma do amor.

menina dos abraços

um abraço: a melhor forma do amor.

Abraçar outras palavras | Abraço, da Luísa

"Abraços...

Sou de muitos abraços...

Que sensação de bem-estar e satisfação imediata!

Que felicidade e alegria repentina...

Que sentimento de apego, segurança, conexão, afeto, confiança e intimidade...

Um dos bens mais preciosos da humanidade!

Abraços...

Sou de muitos abraços...

Todos os dias sinto saudades de abraços...

Dos meus pais, das minhas filhas, dos meus genros, da minha neta, da minha irmã...

Sinto saudades dos abraços dos meus amigos...

Sinto saudades dos abracinhos dos meninos da escola... meninos de muitos abracinhos gostosos!

Abraços...

Sou de muitos abraços...

Necessito de abraçar... é a forma não-verbal de mostrar a minha amizade, o meu amor, o meu carinho, a minha solidariedade, a minha admiração... são o meu suporte!

Abraço...

Um instintivo e genuíno sinal de amor!

Eu sou do Abraço!

 

“Precisamos de 4 abraços por dia para sobreviver.

Precisamos de 8 abraços por dia para nos manter.

Precisamos de 12 abraços por dia para crescer”.

(Virgínia Satir - psicoterapeuta norte-americana)

IMG_20191117_113828.jpg

* Muito obrigada, Querida Daniela, pela oportunidade de poder escrever sobre os abraços, um dos gestos que mais gosto de dar e de receber!"

 

Palavras da Luísa, para este "abraçar outras palavras". A Luísa é ternura. E, como se pode ler, é abraço também. A Luísa transparece doçura e a beleza da simplicidade. A beleza da verdade: de tudo o que importa. A Luísa é dos abraços. E eu até posso ser suspeita, mas também sei que esta é das formas mais bonitas de se ser. Um abraço, Luísa, e obrigada eu, por teres aceite o convite.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.