Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menina dos abraços

Um abraço: o meu lugar.

menina dos abraços

Um abraço: o meu lugar.

deixa-me falar-te de amor.

E não venham dizer-me que o amor é só isto e só aquilo. Não resumam o amor, por favor. O amor é sempre tanto mais. Do que todas as cores com que o pintam. Do que todas as formas com que o desenham. Do que todas as palavras com que o definem. Do que todos os resumos com que o resumem. E, com as tuas pessoas, as tuas mesmo tuas, encontra-lo todos os dias, ao amor. Deixa-me falar-te de amor. Abraçares as tuas pessoas e sentires que podes morar nesses abraços para sempre. Se isto não é (também) amor, o que é então?

26 comentários

Comentar post