Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menina dos abraços

Um abraço: o meu lugar.

menina dos abraços

Um abraço: o meu lugar.

à outra Daniela

Sabes que contigo nem preciso das palavras.Tu sabes sempre o que eu quero dizer, mesmo quando não digo. Não cabe dentro das palavras tudo aquilo que (me) és, que somos. É sempre tanto mais. Tu és a maior. Vives o que eu vivo, és força quando sou forte e és força quando tenho medo, és riso quando sou riso e és riso quando sou lágrima, és certeza quando sou certeza e és certeza quando sou dúvida, és mão quando estou segura e és mão quando caio. És tu, comigo, quer estejas ao meu lado, quer estejas a quilómetros de distância. Tu és sempre a maior. Mesmo quando não sabes que és, mesmo quando pensas que não és, mesmo quando sentes que não és, mesmo quando te fizerem sentir que não és e mesmo que te digam que não és. Tu és sempre a maior. Os outros? não sabem nada. Ouve bem: a única coisa que importa é o teu coração, o que tu és. E tu és a maior. Nunca te esqueças, nunca duvides. Eu é que sei. E estarei sempre aqui para to ensinar e to relembrar, todos os dias que forem precisos. E quando não for preciso também.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.