Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menina dos abraços

Um abraço. O meu lugar. O (meu) melhor lugar do mundo.

menina dos abraços

Um abraço. O meu lugar. O (meu) melhor lugar do mundo.

dizem que o amor não cura o mundo. e eu não acredito.

dizem que sou tonta, uma sonhadora, que o amor não cura o mundo. e eu não acredito. a minha mãe diz-me que sou dela, enquanto me puxa para si e me ensina, sem falar, que o seu colo, que me salva do mundo inteiro, está sempre à minha espera. e o mundo é mais bonito nesse momento. o homem mais pequenino do meu coração chama por mim, a esticar-me os bracinhos, com o sorriso a brilhar-lhe dentro dos olhos. e o mundo é mais bonito nesse momento. saio à rua e, às vezes, sou brindada com sorrisos desconhecidos. e outros conhecidos. sorrio de volta, sabendo que há dias que mudam com um sorriso. e o mundo é mais bonito nesse momento. olho para o céu cheio de lua e de estrelas e, nesses instantes, a imortalidade acontece. e o mundo é mais bonito nesse momento. há pessoas que me mostram o lado frio, que dói, do mundo. e depois há pessoas que me entram no coração como quem entra em casa. como quem me sabe e me sente mais além. além do que se vê, além do que se diz. há pessoas que, com palavras e silêncios, com sorrisos e olhares, com gestos e cumplicidade, me cativam o coração para sempre. e o mundo é mais bonito nesse momento. um abraço. um, sempre, tão simples abraço. um abraço e sentir que posso morar nesse abraço para sempre. e o mundo é mais bonito nesse momento. há momentos assim, em que vemos o mundo mais bonito de todos os mundos, mesmo e até de olhos fechados. dizem que o amor não cura o mundo. e eu não acredito.

8 comentários

Comentar post