Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

menina dos abraços

Um abraço. O meu lugar. O (meu) melhor lugar do mundo.

menina dos abraços

Um abraço. O meu lugar. O (meu) melhor lugar do mundo.

noites

Há noites e noites. Há noites que trazem brilho das estrelas e lua gigante. Há noites que (re)acordam o medo do escuro. Há noites que abraçam bem. Há noites que precisam tanto de abraços-abrigos-esconderijos mais fortes que o mundo inteiro. Há noites que sabem a sorrisos e cumplicidade. Há noites que sabem a memórias e saudades. Há noites que sabem a silêncio e paz. Há noites que trazem o sabor de cicatrizes e fantasmas. Há noites que acendem o quente aconchegante. Há noites que sabem a frio. Há noites que sabem a céu. Há noites que precisam tanto de céu. Há noites de música perfeita a adormecer. Há noites de música perfeita a arrepiar e a (re)acordar lugares escondidos na alma. Há noites de coração seguro. Há noites de coração a tremer. Há noites de sono profundo. Há noites de sono teimoso. Há noites e noites.

2 comentários

Comentar post